Minha lista de blogs

quinta-feira, abril 07, 2016

Coisas da Terra_HOMENAGEM AOS MÚSICOS DE FLORIPA



6 comentários:

  1. Amigo Serjuão, faltou uma colher para os músicos Antonio Coelho e Hermes da Fonseca, kkkkk. Mas tudo bem, estamos bem representados. Ficas devendo esta como tambémm o Binho Guedes. TMJ. Antonio_C.

    ResponderExcluir
  2. Fala Serjão, tás em todas, moquirido!
    Espetáculo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Serjão,mo quirido muito bom o vídeo de nossos músicos,eu disse nosso!Porque ultimamente nem nossa cidade,é mais nossa!Obrigado,pela homenagem!Zé dos Ingleses.

    ResponderExcluir
  4. Antonio_C, boa noite! Certo. Pensou so no musico nosso de cada dia (rsrsrs). Além dessas feras por você mencionadas são tantas que se descrevesse todos, ia faltar espaço no comentário e mesmo assim faria injustiça em não citar outros. Ontem mesmo tomei umas Originais no Bar Bolhas ( Coqueiros) com o André Couto e um musico que toca entre outros grandes cantores, simplesmente com Luiz Meira. Precisa dizer mais? Um grande abraço e prepara que sábado tem uma cerva diferente para nos tomarmos na pérgula de tua piscina.

    ResponderExcluir
  5. George, grande causídico, amigo e violeiros dos bons você deve conhecer 99% dessas feras. Se bem que em sua terra natal, a bucólica Alfredo Vagner deve ter gente tão boa quanto essas, mas que optaram por trabalhar em outras áreas. Nem tanto, mas a fotinho para para agradar as minhas fãs e os amigos não me esquecerem. Ontem derrubei umas três Originais com o Couto e lembrei-me daquele teste "às cegas" das cervejas com os amigos da Confraria Avaiana.
    Espetáculo foi ver a turma de especialista em cerveja com 1% de acerto. Teve nego (Alo, Jaison) que so toma Brahma e elegeu a Antártica Zero Grau como the best (rsrsrs).
    Precisamos reunir essa cacalhada para mais uma Chuletas Avaiana. Mas sobre o Avai so se fala depois da gestão do Niltão. Pois mesmo se vencer o clássico, botar o time serie Ahahahaha em crise( aquele que so tem 2 (dois) pontinhos a nossa frente, mas a imprensa boca alugada (RBS) e suas genéricas sem pauta vive rasgando elogios) não da para comemorar . Afinal, com esse deslumbrado homem sorriso no poder não seremos felizes. Homem sorriso com eficiência so conheço um. O bancário, RH, Segurança, fotografo das celebridades da Ressacada e no entorno dela, nosso querido Odinho (rsrsrs). Abs!

    ResponderExcluir
  6. Zé dos Ingleses, sim hoje não somos mais Florianópolis, cidade dos manezinhos e tudo aquilo que se sonha de cidade para se viver.
    Aquela graciosa encantadora cidade provinciana, com ares de cidade do interior, pacata, ordeira, não existe mais. Agora É Floripa, a terra de todos.
    Ainda bem que graças ao prefeito Edson Andrino que restaurou vários monumentos históricos e o tombamento de outros, ainda se tem um conjunto arquitetônico colonial. Caso contrario so teríamos concreto e coliformes fecais como no Rio do Bras.
    Essa turma que vem pra não conseguem nem resolver problemas de agua e poste caídos. Temos postes caídos com fios exposto como no Morro das Pedras há quase um ano e a falta de agua no Norte da Ilha ha anos.
    Aqui se pode fazer a farra dos rodeios, mas nossas farras, costumes e dialeto estão sendo extintos. A presença marcante dos imigrantes açoriano e negros que fizeram essa cidade ser a Ilha da Magia so existe em poucas comunidades dessa ilha. Caminhar pelas ruas do centro hoje em dia é um perigo. Podemos tranquilamente graças a inercia do poder publico hoje classificar Floripa, a Capital dos Craqueiros. Com tanta poluição, construções de forma desorganizadas, sem mobilidade alguma. Vai chegar um tempo que com tantos espigões espalhados pela cidade assistir ao pôr do sol ou saborear ostras no Ribeirão será impossível.
    O teu Ingleses que cansei de curtir na minha adolescência é um lugar que hoje não reconheço mais. Assim como muitos hoje em dia os que aqui chegam não conhecem entre outros talentos Carvalhinhos da Ilha, maestro Zezinho, da tradicionalíssima big band da Capital Stagium 10. Cujo filho, musico Edu Ribeiro nascido aqui, mas radicado em São Paulo ( porque aqui são poucos valorizados) concorreu junto com o cubano Paquito D'Riveraao Grammy de Melhor Álbum de Jazz Latino. E assim passam os dias e Florianópolis vai deixando de existir. Mas enquanto existirmos, ao contrario da maioria dessa garotada que subiu agora no Avai e não quer nada com nada, nos vamos a luta.
    Um grande abraço a você, sua família e essa cacalhada de avaianos que não desiste dessa paixão pelo mais vezes Campeão de Santa Catarina. Tamos juntos!

    ResponderExcluir

Ta expiando? Vai, comenta! Se não quiser se identificar aperte na setinha e entre como Anônimo( inclusive no celular).
Tenha autocritica, argumente, sem usar termos chulos e obscenos (palavrões).Pode discordar, mas sem guerras verbais, ataques pessoais a pessoas e instituições. Assim tu me agradas! Danke Fur Ihren Besuch, thanks for your visit.