Minha lista de blogs

segunda-feira, outubro 27, 2014

Greve, sabotagem e lá se foi o bom senso

Parece que não merecemos ter um time competitivo e que não nos envergonhe 
Com a autoestima em baixa diante do torcedor esperava-se um Avaí mais aguerrido, mas ligado, infelizmente seguimos "capengando". 
Apesar de jogar em casa, o que é sempre importante, o time mostrou, mais uma vez, que está muito longe de passar confiança ao seu torcedor.
Como ocorreu nessa época o ano passado o filme se repete. Tudo bem que o JEC tem mais recursos financeiros e técnicos, mas esse jogo mostrou toda nossa fragilidade.

Sem consistência e carência de regularidade. Lento, sem imaginação ofensiva. Falta tudo para o Avaí, Inclusive vergonha na cara para nossos jogadores.Quem poderia fazer a diferença caiu de produção, a péssima atuação de Vagner, Diego Felipe, Anderson Lopes, Marrone e Marquinhos é a causa deste declínio, os demais não estão dando conta do recado, os substitutos nada produzem. Nove atacantes e nenhum deles suprem nossa carência de um matador. Hora de rever custo-benefício e não repetir os mesmo erros na montagem do próximo grupo.

Semana do Saco Cheio
Há vontade do treinador, torcida e diretoria, mas pesa o lado psicológico de alguns novatos e a má vontade de outros. Tem gente que prefere morrer abraçado a Marquinhos a admitir que ele como líder esta sendo um líder negativo.
Nossos jogadores ¨adoram fazer greve e tomam a iniciativa de cobrar salários atrasados” do clube, mas jogar futebol, produzir algo de bom para trazer o torcedor de volta ao estádio, nada.

Nos bastidores, há informações de todos os tipos para queda assustadora do time, tamanha falta de inspiração do time só é justificada por falta de profissionalismo. Digna de vaias das arquibancadas e que o torcedor tem poupado. Até quando não sei?

Outubro continua vermelho, red de vergonha
Chega! Não da mais para se aceitar tanta omissão e passividade.
As rodadas se sucedem favoráveis e nos mantem vivos no G-4. Por quanto tempo não se sabe. O time volta a campo amanha, terça-feira, as 21h50, para enfrentar o Luverdense, em Lucas do Rio Verde.  O acesso só depende de nos e de mais ninguém. Mais a permanecer jogando essa bolinha cair do G-4 e virar "cavalo paraguaio" é só questão de momento.

# Acorda Avaí!

4 comentários:

  1. No ultimo jogo o unico nao xingado foi o zagueiro joao, sobrou ate pro marquinhos...
    A torcida ja perdeu a paciencia... Vamos subir porque os outros sao muito ruins!!!

    ResponderExcluir
  2. Unknown, a torcida ja perdeu a paciência ha um ano atrás. Deu nova chance a outro grupo tendo novamente Marquinhos como líder. Alias o Avaí é cheio de crise, mas com Marquinhos na equipe temos mais crises que sucesso. Titulo apenas um, contra a Chapecoense. Se bem que no primeiro jogo perdemos em casa por 1 a 0. A sacanagem foi tão visível que a torcida quebrou carro de jogadores, depredou o patrimônio do clube e ameaçou de morte os jogadores caso perdesse um titulo tão fácil de conquistar, como se desenha agora esse acesso. Nos 6 a 1 contra a Chapecoense foi o maior jogo de Marquinhos com a camisa do Avai. Aquele terceiro gol dele até hoje não sai da cabeça do torcedor. Foi exibição de gala na Ressacada, o Avaí mesmo com jogador a menos venceu a Chapecoense por 6 a 1 e conquistou o título catarinense depois de 12 anos. Pela mediocridade dos adversários o Avai só não consegue o acesso caso nossos jogadores não quiserem. De uma coisa posso afirmar, depois de dois anos de muita sacanagem, muita gordura queimadas de forma irresponsável, se não subirmos esse grupo será responsável pela maior debandada de torcedores da Ressacada dos últimos anos. Sendo difícil em curto prazo remotivar o torcedor. Quem vai pagar por isso? Abs!

    ResponderExcluir
  3. Serjão, já perdi a esperança.
    Esse vosso ídolo trabalha sempre contra. No ao passado ele não quis dar moral para "aquele negão. Aquele negão está conseguindo a série A, com o JEC.
    Este ano ele está querendo dar moral para o MAL. Logo o MAL, que tanto xinga seus companheiros, que chama o time de resto de feira, que não jogam nada e que aposta que o time não vai subir.
    Esta moral que o vosso ídolo está querendo dar para a CBN e seus asseclas, é que me faz ficar puto da vida com essa corja que está jogando no Avai.
    Desde o jogo contra o Sampaio Correa, que venho dizendo quer o time está fazendo que joga e está sendo aplaudido pela turma do parapeito. Aqueles que achavam que o Luciano não jogava nada e que não servia para o AVai. Para eles o unico que presta é o vosso ídolo.
    Assim, como no ano passado, seremos gozado pelos do streitcho e continuaremos nossa saga na série B.
    Infelizmente. E da-lhe chopp na Lagoa.
    abs
    Sardá

    ResponderExcluir
  4. Sardá, boa tarde mô quirido avaiano de quatro costados. É por essa e por outras que questiono o que chamam de ídolo. Nesses anos todos de Avai, quantos títulos e acesso ele conquistou? Apenas um, contra a Chapecoense em casa e que será comentado no post de amanha. Fiz oposição a atual direção avaiana, mas não sou partidário do quanto pior melhor. Já alguns que derrubaram todos os técnicos que passaram pelo Avai nos últimos anos, inclusive HM, pelo jeito jogam contra o patrimônio. O MAL, Balduino, RB$ e suas copias carbono e seus estagiários agradecem e rasgam elogios a ele e não vê que para o cara ser ídolo tem que ser produtivo, ser diferente de tudo que ele tem feito nos últimos anos de Avaí. Os “Marias-vai-com-as-outras” não tem ideia própria, a ideia deles é o que o MAL diz.
    Esta certo que temos nove atacantes que não valem por um, mas o MAL além de empurrar Helber ao Avai também quis por no clube o encostado Cléber, não o gladiador, mas o Cléber Schwenck Tiene e o velhinho Reinaldo. Isso é gostar do Avai? O problema do Luciano é que ele fazia sombra, isso incomodava muita gente. Hoje seria titular absoluto do Avai.
    Da-lhe chopp para refrescar a cabeça. Abs!

    ResponderExcluir

Ta expiando? Gostou? Tem conta no google? Vai, comenta!
Tenha autocritica, argumente, sem usar termos chulos e obscenos (palavrões).Pode discordar, mas sem guerras verbais, ataques pessoais a pessoas e instituições. Assim tu me agradas! Danke Fur Ihren Besuch, thanks for your visit.