Minha lista de blogs

terça-feira, novembro 13, 2012

E para diretoria, não sobra nada?


Treino dos mil


Nem um time ganha tudo, nem ninguém é feliz o tempo todo

Esta certo que a queda em grande parte cabe aos jogadores, mas técnico e dirigentes também tem suas responsabilidades.
Exemplos de equívocos e má administração existe aos montes. Vou citar alguns casos.

Flamengo, uma presidente confusa e um time perdido em campo. Graças a bondade de Zunino escapou do rebaixamento.  Zunino foi um mal dirigente para o Avaí, mas um grande colaborador do Flamengo. Seu amigo da onça Zinho deve estar contente.
O "Framengo" não tem dinheiro para pagar o Avai, mas tem grana para sustentar um mala como esse ai.
Enquanto houver otários iguais a Zunino, sempre haverá espertalhões iguais aos dirigentes rubro-negros.


Vasco da Gama, com a saída do diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano para o Fluminense, Roberto Dinamite sem o apoio da globo que o  havia levado ao poder,  detonou o time da Colina. Caia a cada jogo.

Palmeiras, o ditador e ex-técnico de futebol  Luiz Felipe Scolari, famoso Felipão.  Prendia e soltava. Punia, libertava. Com cartas brancas da direção, passou a ganhar o maior salário de um treinador Brasileiro e a contratar os maiores perebas de todos os tempos. Todos com altos salários e na sua maioria quase ou  nada aproveitados. A queda do Palmeira em 99% se deve aos desmandos de Felipão. Nunca um clube brasileiro ficou tanto tempo submisso a um treinador não medíocre e com salário tão astronômico. Cobrar o que dos perebas que ele trouxe?  Que se cobre de Felipão.

Figueirense, ali teve de tudo um pouco. 
Da renuncia do presidente a uma jogada de mestre onde o empresario de vilão passou a ser salvador da pátria. Tudo isso foi tratado como normal e pouco nada noticiado pela omissa cronica esportiva de Florianópolis. Apesar  da imprensa da capital teimar em enganar os torcedores alvinegro o certo é que o  "melhor" time de Santa Catarina, a grande "sensação" do Campeonato Catarinense tão apregoado por bocas alugadas,  nunca convenceu. Sonhou com a libertadores e acabou na Segundona.  Dali nada se aproveita.

Entre os piores, o treinador que levou o time a queda: Marcio Goiano.  Depois de tantos estragos feitos, o garoto Fernando Gil nada pode fazer.  Em cinco anos, duas quedas, três vezes eliminados pelo Avai e a perda do titulo em casa para o rival. É pacabá  Nessa ultima figuração pelo brasileiro com elenco inchado de mais de 40 jogadores foi um eterno lanterna, mas para nossa alegria o time mais VICE de Santa Catarina será também VICE-LANTERNA do Brasileiro.

Avaí FC, a administração de Zunino vinha de fracasso em fracasso, o fora Zunino é constante, isso até encontrar o parceiro Luiz Alberto e o grande Moisés Cândido.  Tudo vinha bem, começamos a ganhar campeonato atrás de campeonato e o time virou sensação. Virou o time da moda. O clube catarinense com melhor performance em Brasileirão  de todos os tempos.

No meio do caminho tinha um olho grande

Pronto! O olho cresceu e Zunino começou a misturar tudo. Deve tem pensado: Se Luiz Alberto ficou rico negociando jogadores, porque não empregar minha família no Avaí e todos ficariam milionários.  Sua primeira providencia foi entregar as joias da casa ao filho Gabriel Zunino. Ali já não se sabia mais a extensão do  que era  Avaí e família Zunino.  Dali pra cá  desmanche após desmanche,  vexame após vexame.

O resultado todos já sabem, time endividado, torcida afastada do estádio, grande numero de sócios  inadimplentes, falta de pagamento de salários a jogadores e o que é pior,  atraso do salário de quem mantém essa estrutura de pé, ou seja,  pobres funcionários avaianos.

Não pode dar certo. E o acesso que seria uma baba, com atraso de salários desde o catarinense, e a entrega de bandeja de dois de nossos melhores jogadores ao velhaco flamengo, alguns jogadores anti-profissionais deixarão o acesso passar batido.

Seguuuuuuura, essa!

Como Avaiano e quem gosta de futebol, bem que gostaria de ver os dois times da capital no patamar mais alto do futebol brasileiro. Torço para que em 2014 esse sonho se realize. Ta difícil!

Perdidos, sem dinheiro, sem amigos e cheio de dividas para negociar. As previsões para o Avaí FC e Figueirense em 2013 não são nada otimistas.

Como pedir publico nos estádios,  disputar competições tão profissionais, com dirigentes tão amadores?

2 comentários:

  1. Serjão, nossa preocupação está relacionado aos recursos a serem aplicados em 2013, que significa desempenho, qualidade, patrimônio (bens, direitos e obrigações que uma empresa como o Avaí possui) e títulos. Sem um real conhecimento não saberemos se navegaremos em águas tranquilas ou turbulentas. Abçs. Antonio_C.

    ResponderExcluir
  2. Antonio_C, não é só ter recurso é preciso saber usar esses recursos. Coisas que a direção azurra nao soube fazer quando esteve na elite do futebol Brasileiro. Um clube com mais de quarenta jogadores significa que empresários ganharam muito dinheiro, mas houve erro de estrategia por parte do clube, consequentemente prejuízo aos cofres, tanto no Avai como no FFC. Abçs

    ResponderExcluir

Ta expiando? Gostou? Tem conta no google? Vai, comenta!
Tenha autocritica, argumente, sem usar termos chulos e obscenos (palavrões).Pode discordar, mas sem guerras verbais, ataques pessoais a pessoas e instituições. Assim tu me agradas! Danke Fur Ihren Besuch, thanks for your visit.