Minha lista de blogs

terça-feira, maio 02, 2017

Um time sem liderança e sem ambição, dentro do campo e fora dele

Sobre o jogo de domingo para Chapecoense foi um decisão,  para nos um jogo a mais iguais a todos que vimos no returno.

O que deixa a gente estupefato é saber que mesmo o arbitro senhor Héber Roberto Lopes tento nos prejudicado em vários jogos decisivos, ainda apita jogos importantes do Avaí. 

Desde o começo ele deixou bem claro quais eram suas intenções  quando a Chapecoense  saiu distribuído porrada para todo lado e ele nada fazia. Cantei a bola, a primeira jogada mais dura do Avai ele vai mandar nosso jogador para o chuveiro mais cedo e de preferencia algum jogador peça chave, dito e feito.

De novo Marquinhos provoca turbulência na Ressacada em hora errada
O cara não jogou nada o campeonato todo, na decisão enquanto esteve em campo foi peça nula, ao ser substituído jogou Claudinei as feras. Arrombassi, Laila!
O cara de pau ainda teve a petulância de dizer que se pudesse naquele momento pegava a família e ia embora. Mô quiridum, irritado estamos nos, a gente é que devíamos pegar a família e ir embora  após responder mais uma de suas convocações  para apoiar o time e ver você não fazer nada em campo.
Porque M10 antes de reclamar de sua substituição não se empenhou em campo tanto quanto Betão, Alemão, Judson e Junior Dutra?  

Apesar de discordar do esquema tático e as substituições absurdas que tem feito, concordo com Claudinei Oliveira. Ele é pago para tomar decisões  e M10 é pago para jogar. Cada um que faça sua parte e estamos conversados.
Alguém tem que conversar com os atletas para o time não dar vexame em Chapecó. Hora de aparecer o trabalho de vestiário antes tão elogiado de Joceli dos Santos.

Dentro do futebol você faz escolhas e a maior número delas não foram corretas. Uma delas foi jogar com time misto contra o Inter de Lages e jogar dois jogos de compadre contra o rival.

A manutenção da base ( acesso ) e bons jogos no turno, tudo levava a crê que o Avaí seria superior ao um time montado em cima da hora e cansado de viagens como foi a Chapecoense. Ledo engano, estranhamente o time caiu de produção e vem assustando o torcedor a cada jogo.

O Catarinense já foi pro saco, cabe uma reflexão e reavaliação grande para os erros não voltarem a acontecer no Brasileirão. Torcida nos temos, resta a direção avaiana montar um time competitivo e com jogadores que tenham interesse em mostrar o seu futebol nessa vitrine que é Brasileirão.

Um torcida linda e fiel igual a nossa merece mais respeito 

A diretoria não tem que medir esforços e buscar atletas de qualidade com urgência. No mínimo precisamos de uns cinco reforços, um goleiro com experiência em Serie A e mais quatro jogadores que venha para serem titulares.

Para aqueles que não são nada profissionais mais bate uma bolinha no Avaí e veraneia em Florianópolis, vou "dizete" uma coisinha pra ti, ixtepô.
Faz o seguinte: Tira o boné e os brinquinhos e "Vai toda a vida". Some do Avai, seu amarelo mandrião!

ET: Quer ixpiar outras fotos? Então clic Aqui

2 comentários:

  1. Serjão, há um ditado muito certo com a frase "roupa suja se lava em casa". Por que isso? Para evitar exposição. Se a destemperança vem de um jovem arredio, até tem explicação (imaturidade). Agora, quando as palavras saem justamente do experiente capitão, é profundamente lamentável (e condenável). Como disseste, o treinador treina (e as vezes erra) e o jogador joga. Cada um na sua função. Quem está descontente pode pedir o boné e seguir sua vida. Não pode é fazer rolo justamente na final. Agora é tentar remediar isso e torcer pela virada. Que o Avaí faça côsa. Abraços!

    ResponderExcluir
  2. George, obrigado pelo amigo quase dono de Alfredo Wagner e grande jurista que é tirar um tempo do seu precioso tempo para “escrevinhar” para esse humilde blogueiro.

    Eu como você e a maioria dos que torcem pela instituição Avai FC e não para determinados jogadores, repudiam a atitude desse jogador que já virou agitador contumaz, infelizmente sempre em época onde um líder tem que mostrar sua liderança e experiência, unir o grupo e não espalham discórdia.

    Pelo que produzimos no turno, era para a gente estar com um grupo fechado, competitivo e impondo respeito, mas pelo contrario. Talvez pela vaidade de alguns, a falta de liderança e arrogância de outros, estamos perdendo para nos mesmos e afastando o torcedor do estádio em pleno inicio do Brasileirão ou o apoio do torcedor é fundamental.

    Hora de alguém botar ordem nessa casa. Mas cadê o presidente? Abs!

    ResponderExcluir

Ta expiando? Gostou? Tem conta no google? Vai, comenta!
Tenha autocritica, argumente, sem usar termos chulos e obscenos (palavrões).Pode discordar, mas sem guerras verbais, ataques pessoais a pessoas e instituições. Assim tu me agradas! Danke Fur Ihren Besuch, thanks for your visit.