Minha lista de blogs

terça-feira, novembro 24, 2015

Eu Acredito!

QUEM NÃO MUDA, DANÇA!
Nunca é tarde demais ou cedo demais…
Uma mudança ou transformação pressupõe uma alteração de um estado, modelo ou situação anterior, para um estado, modelo ou situação futura, por razões inesperadas e incontroláveis, ou por razões planejadas e premeditadas.
Mudar envolve, necessariamente, capacidade de compreensão e adoção de práticas que concretizem o desejo de transformação. Isto é, para que a mudança aconteça, as pessoas precisam estar sensibilizadas por ela.
Começa com uma palavra: Insatisfação.
Quando estamos insatisfeitos tendemos a nos movimentar…
A insatisfação serve como força propulsora, para os que querem mudar!
Heráclito disse um dia: Nada é permanente, exceto a mudança.
Muda Nilton Machado Macedo, muda Raul Cabral, Muda Avaí!
Eu Acredito!
Eu Acredito!



Eu acredito que mudando de atitude o Avai volte a vencer. Mas para isso é preciso a união de todos e entrar em campo os melhores.
Eu acredito!



PS: Ao apressadinho que estão esperando ver as fotos de nossa viagem ao Rio, clique AQUI

2 comentários:

  1. AFINAL QUE RAÇA É ESTA?
    A vida é cheia de "slogans", frases de efeito, palavras que encorajam, e ao final de mais um campeonato eu lembro aquele rótulo dado a este ou aquele clube ou time de futebol, por sua bravura, tenacidade, e tudo mais que teria como objetivo ser aquela força extra, sobrenatural, e intimidante que facilitaria a vitória, na verdade uma falácia feita sob medida para os místicos ou fanáticos.

    Quando eu era menino, havia um clube de futebol (Esporte Clube Próspera) que tinha em seu time, quase como uma exigência informal, um grande número de jogadores negros, que sempre se destacavam pela sua voluntariedade, e determinação, e que raramente se extenuavam, e que por consequência era chamado de "time da raça"

    Lembro muitas vezes estar assistindo um jogo de futebol ruim, modorrento mesmo, com predominância de jogadores da raça branca em ambos os times, quando não em sua totalidade, e alguém dizer "bota raça neste time" referindo-se a ausência de jogadores negros.

    Esta frase ao longo do tempo foi sendo desvirtuada, e sua conotação distorcida.
    A expressão time da raça foi banalizada, e o que nós vemos hoje é a mediocridade substituir o que já foi uma marca, um estilo, de um desempenho incondicional e com a dedicação de pessoas que jogavam com o intuito maior que a superação. Jogavam pela auto afirmação.
    Rumo a série B.Tá ligado Sergio Nativo ?
    Oióióióió não sou mané e também
    Não sou bocó
    Mario Roberto Barg

    ResponderExcluir
  2. Mario Roberto Barg, boa tarde! Concordo em gênero. numero e grau com você. Abç!

    ResponderExcluir

Ta expiando? Vai, comenta! Se não quiser se identificar aperte na setinha e entre como Anônimo( inclusive no celular).
Tenha autocritica, argumente, sem usar termos chulos e obscenos (palavrões).Pode discordar, mas sem guerras verbais, ataques pessoais a pessoas e instituições. Assim tu me agradas! Danke Fur Ihren Besuch, thanks for your visit.