Minha lista de blogs

segunda-feira, maio 18, 2015

O Perigo da Queda Livre

Vamos para guerra sem artilharia

Na segunda derrota seguida de Kleina, agora pelo Brasileirão contra o mixtão do Inter, o mesmo problema, ou seja, falta de um atacante que faça gols.

Difícil explicar a paixão do torcedor pelo time de futebol vendo erros sucessivos de nossa diretoria. Vamos para o terceiro ou quarto ano pós-William sem um atacante fazedor de gol, o matador. Alguém que o adversário treme ao ver pela frente. Ontem a zaga com a volta do ídolo Emerson esteve perfeita, da zaga pra frente só o garoto Renan e Marquinhos jogam.

O Avai finalizou sete vezes, três chances reais de gols desperdiçadas por nossos deficientes atacantes. Alias o gol Colorado foi igual a chance que teve André Lima de marcar, só que nosso atacante não teve qualidade na finalização.

Marquinhos  foi um garçom em campo fez a parte dele, que pelo talento acima da media apresentado me lembrou Maradona nos tempos do pequeno time do Nápoles, time limitado que terminou campeão Italiano graças a dupla Maradona-Careca. O Argentino dava bolas açucaradas a Careca como o Galego da para Anderson Lopes e André Lima, a diferença é que Careca aproveitava 99% das chances e nossos atacante ao contrario perdem 99% delas. Vendo Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar jogar sabemos porque ganham tão bem, fazem o obrigatório do jogo, pela qual ganham para fazer, ou seja, gols. Nossos atacantes o máximo que deviam ganhar é um salario minimo.

Anderson Lopes consegue perdeu gols até sozinho. Um desastre para quem pensa em jogar em um grande clube. Onde esta Evando que não lhe ensinou ainda a chutar com os dois pés? Nem falo em André Lima porque ele assistiu aos jogos do Catarinense dentro do campo, não vai ser agora no Brasileirão que vai jogar.

Sobre os chamados reforços que estiveram em campo ontem nada vou comentar, mas Emerson foi o nosso Emerson de sempre. Com a derrota caímos da 11ª para 16ª posição da tabela. Hora de acender o alerta.

O próximo confronto é diante do Flamengo, em casa, no próximo domingo, às 16h. Estamos no limite da zona do rebaixamento, coisa que o rival esta deste a primeira rodada do Brasileirão. Hora de reagir, mas sem um atacante fazedor de gols, acho impossível.

#Acorda diretoria

4 comentários:

  1. Parece que a novela dos últimos anos vai voltar a se repetir. Contratações mal feitas, dinheiro desperdiçado com um monte de peladeiros enquanto quatro ou cinco jogadores de talento e com o salário acima do limite estabelecido pelo clube dariam conta. Daqui a pouco a torcida vai deixar de ir ao estádio. Não suportamos mais vexames. Não entendemos porque o Bruno mendes ainda está no clube, não entendemos porque jogar dinheiro fora com jogadores que vieram para tentar se recuperar no Avai, como o péssimo atacante André Lima, teve fama um dia, fez gol um dia, mas hoje é um grande desperdiçador de chances reais de gol. Todos nós sabemos que é preferível um elenco enxuto com qualidade e mescla com garotos da base, quando precisar, do que um monte de zé manés que jogaram o time na disputa do rebaixamento do catarinense e sangram as finanças do clube, CHEGA, NOSSA PACIÊNCIA JÁ ESTÁ NO LIMITE.

    ResponderExcluir

  2. Anônimo, boa tarde! Pelo que vimos nesses dois anos de Niltão vamos repetir os últimos anos da administração Zunino. Mais de 50 jogadores, pela boca do presidente 44 e nem um camisa 09 matador. O que já é um absurdo. Preferem insistir na promessa que não decola Anderson Lopes e no ex-jogador André Lima. A hora que baixar o desespero chamam o torcedor de volta e contratam meia dúzia a peso de ouro. Aja paciência com tanta falta de competência. Chega de peladeiros, queremos ao menos um atacante de verdade. Abs!

    ResponderExcluir
  3. Eu já havia dito, ainda no estadual.. André Lima ainda não disse a que veio. Falei também que na pré temporada o 'desgaçado' tava faltando o treinamento pra dar desfalque no buffet. Vejo vontade no Anderson Lopes, mas só vejo mesmo... parece um triatleta: corre, pedala e nada! Tá russo!

    ResponderExcluir
  4. Anônimo, bom dia! Domingo, as 16h30 tem Avaí x Flamengo é jogo para lotar a Ressacada. Em casa o Avaí fica na obrigação de vencer. Mas como vencer se não temos ninguém que saiba fazer gols.
    Anderson Lopes ainda não definiu o que quer da vida. Tem velocidade, bom porte e sabe driblar. Porem, não sabe cabecear e só tem um pé, por sinal, um pé murcho que às vezes da certo e outras da aquelas “atrasadas” para o goleiro como fez semana agora diante do Inter. Muito pouco para quem quer jogar um Brasileirão e alvejar ir para Europa. Hora de se dedicar mais aos treinamentos extras, aprimorar os fundamentos.
    André Lima teve todas as chances e vai se recuperar no final do campeonato. Como ficamos nos tendo um peso morto no ataque durante toda competição? Desculpe discordar, mas triatleta é Roberto: corre, pedala e nada. Se fosse convertido todos gols perdidos só a partir do quadrangular da morte por André Lima, Anderson Lopes e Roberto ganharíamos o quadrangular sem sustos, classificaria na CB e estaria com seis pontos no Brasileirão. Ta soda! Abs!

    ResponderExcluir

Ta expiando? Gostou? Tem conta no google? Vai, comenta!
Tenha autocritica, argumente, sem usar termos chulos e obscenos (palavrões).Pode discordar, mas sem guerras verbais, ataques pessoais a pessoas e instituições. Assim tu me agradas! Danke Fur Ihren Besuch, thanks for your visit.