Minha lista de blogs

sexta-feira, abril 03, 2015

O preço da Ilusão


O botequim de alta estirpe João Bebe Água acabou?


O titulo do post refere-se a primeiro (e único ) longa-metragem catarinense, com péssima sonorização e uma montagem por demais truncada que tornaram o filme incompreensível tem muito a ver com a montagem desse time do Avai

O publico que assistia no final não sabia se era um drama, ou uma comedia. 
De tanto levar porrada, para aliviar a tensão por conta da sessão pastelão que nossa diretoria apresenta a cada semana e as palhaçadas que o time faz em campo já estamos até achando graças das piadas que nos fazem.

Segundo o escritor Raul Caldas Filho em seu livro Oh! Que Delicia de Ilha tinha um dito popular muito difundido nos anos 40 em Florianópolis que era o seguinte: “De dia falta agua, de noite falta luz”. Representava uma grande verdade, pois a vela mal acendia a área central e agua chegava em conta-gotas. Mas se podia ir assistir o imbatível Avaí do Lolô, Procopio, Beck, Nizeta e Sauzinho enfiar mais uma goleada no Paula Ramos, ou no Figueira.

Nos dias atuais, por culpa da administração publica temos passado dias sem agua e noite sem luz, mas ver o Avai golear só se for no vídeo game. Não conseguimos fazer gol nem em Perereca e ainda somos gozados por Cabeção. É pacabá!
A faxina tem que ser grande
Não vencer um time de Várzea Grande que teve o goleiro Perereca sem tomar nenhum gol e veteraníssimo Rui Cabeção como destaque, como diria Miguel Livramento: “ É de dar surra de arame farpado e mandar o elenco embora de pés descalços pela estrada velha”.

É obvio que n
ão tínhamos grandes sonhos, mas o time montado pela nossa direção foi dito que seria competitivo e que brigaria por títulos. O que temos visto até agora é que a dois anos sobre a administração de Nilton Macedo o Avaí vem brigando para sair das ultimas posições do campeonato.

O Brasileirão bate as nossas portas. Alguma coisa precisa ser feita, caso contrario bateremos o record histórico negativo do Figueirense FC como pior time Catarinense em Brasileirão. Convenhamos um record que ninguém quer bater.
A barca no final do Catarinense tem que ser grande. Que se traga jogador que queira jogar e aproveitar a vitrine que é o Campeonato Brasileiro. Quem vem apenas para descansar e bater uma bolinha no Avaí na terra onde moro ja estamos de saco cheio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ta expiando? Gostou? Tem conta no google? Vai, comenta!
Tenha autocritica, argumente, sem usar termos chulos e obscenos (palavrões).Pode discordar, mas sem guerras verbais, ataques pessoais a pessoas e instituições. Assim tu me agradas! Danke Fur Ihren Besuch, thanks for your visit.