Minha lista de blogs

segunda-feira, setembro 08, 2014

La se foi mais três pontos primordiais

Muito agito para pouco futebol
Em  uma competição tão equilibrada como é a Serie B do Campeonato Brasileiro, o Avai mais uma vez não fez o dever de casa.

Não vou nem comentar se o fato ocorrido durante a semana que antecedeu ao jogo influenciou no resultado.  Isso saberemos  nos próximos jogos.  Mas que  o time  em campo não mostrou o mesmo desempenho do jogo contra o Vasco da Gama, isso foi visível . Que pelo que ocorreu ano passado quando com o acesso já estava na mão e o time pensou pequeno, claro que deixa o torcedor com uma pulga atrás da orelha.

Continuamos na vice-liderança do G-4
No  fechamento da rodada o Avaí permaneceu na vice-liderança,  mas a turma de trás encostou de vez.  Serviu para mostrar também  que a turma da frente  tem que se doar ao maximo, ser mais competitivo, caso contrario serão ultrapassados rapidamente pelo pelotão de trás e na hora dos 10 jogos finais, o sprint,  não alcançaram  mais o G-4.

A impressão que ficou  foi ruim
O fantasma do ano passado ainda não foi exorcizado,  cabe os jogadores nos próximos jogos apagar o fantasma do ano passado ou voltaremos a ter publico de 3.500 ou esvaziamento  maior no estádio e queda no numero de sócios.

# Acorda Leão

4 comentários:

  1. Caríssimo Serjão

    nos últimos dois jogos em casa, 4 pontos foram pelo ralo e poderão fazer falta na reta final do campeonato. A partir de agora, atenção redobrada porque a disputa está muito equilibrada e qualquer vacilo pode ser fatal. Ainda que questões financeiras tenham que ser resolvidas, o comprometimento com o acesso à Série A deve ser a palavra de ordem do grupo de jogadores. Vamos em frente.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Fulgêncio, bom dia! Belo comentário. Lucido e real. Nada de terra arrasada, mas também nada de achar que esta tudo bem. Sem o o comprometimento com o acesso à Série A, qualquer pé de galinha é uma canja. As questões financeiras vivida pelo Avai ocorre e ja ocorreu em outros clubes, deve ser sanadas com urgência. Agora porque nossa imprensa so noticias coisas ruins do Avai e omite o que ocorre do outro lado da ponte é um mistério, mas mostra bem o quanto certas noticias são tendenciosas. A torcida esta fazendo a sua parte cabe a nossos dirigentes e jogadores fazerem a sua parte. Abs!

    ResponderExcluir
  3. Serjão, sei que és fã do Marquinhos.
    Porém, para mim, enquanto ele jogar, o Avai vai cair na mesma esparrela do ano passado.
    Todos nós sabemos, pelo menos por ouvir dizer, que ele foi o protagonista do não acesso no ano passado
    Neste ano a história está se repetindo. O cara faz que joga e a torcida chama o treinador de burro, orquestrado por um tal de MAL.
    É o maior salário do Avai para bater faltas e cobrar escanteio. Marcar, correr, chutas, passar nem pensar. Não tem preparo físico algum. Está gordo.
    Se o Geninho tivesse a coragem de deixa-lo no banco e colocar outro jogador que tivesse mais pegada, eu voltaria ao estádio e o Avai com certeza estaria jogando de acordo com os jogos da série B.
    Esse cara já deveria estar jogado de lado.
    Não gosta do Avai. Gosta de dinheiro como ele mesmo disse antes de ir para o Santos.
    Uma pena que o Avai está jogando fora uma grande oportunidade de subir.
    Não coloquem a culpa na falta de um centroavante, porque quem joga de lateral, central, meio do campo, ponta, etc. sabe chutar sim senhor. Sabe chutar para fazer gol, como sabe chutar para errar o gol de proposito e ninguém perceber.
    Continuarei sócio, mais me nego a assistir esse cara em campo, fazendo que joga e alguns tolos dizendo somente : ^"vai Marquinhos, pô"; Pô Marquinhos vê se joga". Enquanto com outros o tratamento é diferenciado para o pior, tal como V´tomate crú", O seu FDP", Esse cara não tem condições de jogar no Avai". Treinador burro, tira esse cara".;
    Assim fizeram com Edilson, Juliano, Carreirinha, Rafael Costa, etc.
    Vamos Avai, sem Marquinhos, por favor.
    abs
    Sardá

    ResponderExcluir
  4. Sardá boa tarde. Pelo contrario compactuo com tudo que você falou. O Avaí não é só Marquinhos, assim como o clube voltou a ganhar títulos após a saída de Zenon, o maior jogador que vi jogar em Santa Catarina. Sou amigo de alguns ex-jogadores, jogadores que tem historia de sucesso no Avai, não conheço nada que deponha contra eles, mas acima de tudo sou Avaí FC. Por amor ao Avaí voltei a assistir os jogos e comentar. Para mim Marquinhos foi um grande jogador, tem historia no Avai, mas com ele pouco ganhamos, hoje no meu time seria reserva. Acho que esta na hora de dar mais oportunidades e uma sequencia de jogos a Diego Jardel.
    Neste ano a história está se repetindo? Não sei. Mas que o jogo contra o America RN foi estranho, isso foi. Para melhor opinar vamos esperar os próximos jogos e analisar o comportamento dos jogadores. Por hora torço para que essa parceria feche de uma vez e tudo volte a normalidade.
    Quanto ao Mal, o mesmo segue a linha de pensamento da empresa que trabalha, ou seja, pode-se falar mal, mas so se for do Avaí.
    É so ver a repercussão dada a vitória suada sobre o Inter e a repercussão da goleada historia do Avai sobre o Vasco da Gama. Dois pesos, duas medidas.
    Ganhar com as calças nas mãos parece um campeonato nacional que eles não tem. Talvez pelo Avai ser o único clube da Capital Campeão Brasileiro e o melhor Catarinense ranqueado no Brasil e na América do Sul isso passe a ser natural.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir

Ta expiando? Gostou? Tem conta no google? Vai, comenta!
Tenha autocritica, argumente, sem usar termos chulos e obscenos (palavrões).Pode discordar, mas sem guerras verbais, ataques pessoais a pessoas e instituições. Assim tu me agradas! Danke Fur Ihren Besuch, thanks for your visit.