Minha lista de blogs

terça-feira, julho 17, 2012

Quem é o (in) responsável?



Mais uma decepção

Essa do técnico do Avai querer botar a culpa no coletivo não cola mais, lembra muito Mauro Ovelha.
Contra babas onde poderíamos tranqüilamente fazer três pontos, Hemerson Maria falhou feio em todos.


Encarando a realidade

Quantos torcedores o Avai perdeu para o jogo de hoje devido ao comportamento do tecnico e do time diante do CRB? Saberemos hoje. Vou como testemunha, mas nem todo torcedor tem estomago igual ao meu.

O técnico pode até ter a confiança do presidente, mas a torcida azurra já anda meio cabreira. Afinal, não foi um erro e sim uma seqüência de desastres que levaram o Avai a estar fora da briga pelo G4.

É escalação errada, mexida errada uma atrás da outra. Time sem raça, sem padrão de jogo e covarde, tanto dentro como fora de casa.

A continuar assim, dificilmente chegaremos a subir na tabela. Brigar pelo G4 com jogadores desinteressados como Julinho ou pouco produtivos como Pirão e Patric que não conseguem acertar um cruzamento é querer demais.

El loco

Jeffferson Maranhão de ponta esquerda, e quando mais se precisa de atacantes sai Diego Acosta e entra Jailton ( outro que não quer jogar no Avai) sai o improdutivo Nunes entra o desinteressado e irritante Julinho( por voltou?)


Esta certo que Pirão e Patric por mais que Hemerson Maria treine não serão eficientes ao ponto de garantir titularidade, mas no mínimo acertar um cruzamento devia ser obrigação de qualquer profissional.

Parece-me que não treinamos nem escanteio, pois Cleber Santana bate todos e ainda corre para tentar finalizar.

Nossa sorte é que o CRB é mais fraco e apenas esforçado, pelas chances criadas o placar moral seria cinco a dois.
O CRB pode ser limitado, mas tem uma coisa que há tempos anda esquecido pelos lados da Ressacada. Raça, disposição e coragem de vencer um adversário superior tecnicamente.

Estive no Jogo contra o CRB e senti envergonhado por torcer por um time de tamanha grandeza e devido aos desmandos administrativos ocorridos nos últimos anos, temos que aturar um técnico tão limitado e um elenco que beira ao ridículo da falta de profissionalismo.

Assim como Cleverson irmão de Cleber Santana, amigos e familiares que vieram de Recife, outros saíram de longe para torcer pelo leão e foram desrespeitados por nosso técnico e nossos jogadores.

Perder faz parte do jogo, mas tenho brios. Nunca aceitei quando jogava como amador perder sem lutar, muito menos como torcedor pagar para ver esse circo de horrores que se tornou os jogos do leao. .

Hoje os jogadores azurra tem boa estrutura para treinar e jogar, mas exceto Cleber Santana não temos um jogador com passe de qualidade suficiente para jogar ao seu lado.

Alias, que coisa horrorosa a atuação de Nunes e Felipe Alves o que dizer de Cássio e Patric. Meu deus esta difícil aturar essa gente no Avai.

No final devido ao esquema de jogo do “ el loco” HM, nosso craque de tanto distribuir bola redonda e receber quadrada cansou e o time desmontou.

E não me venha dizer que o Avai tem time limitado. Limitado é o técnico que parece que esta pedindo para ser mandado embora e usando o mesmo expediente de Mauro Ovelha. Limitada é a cabeça de alguns jogadores do Avai que pensam que só Cleber Santana tem que correr, Diego agarrar todas e Leandro Silva suar a camisa.

Você aceitaria pagar altos salários para funcionários omissos?

Essa turma quer receber em dia, mas joga para cada vez mais para afastar o publico do estadio. Quem vai pagar seus salários?

O que houve com aquele técnico ousado e aquele time guerreiro que nos encantou na reta final do Catarinense? Seria fogo de palha, salto alto, o que mais?

Nota: As fotos do estado Rei Pele sai ano post das 14h e o comentário sobre nossa estadia em Maceio-Al as 16 horas.

6 comentários:

  1. Fala Serjão. Nossa ida heróica para Maceió foi recheada de fatos e ficção. Fatos, o tratamento recebido pelo povo de Maceió, especialmente o Tenente Cícero e toda a sua cúpula. Forró de Cerva, Kanoa Bar, Praias, Astral, Alegria e Novos Amigos. Ficção, o “El Loco HM”, comentado até por torcedores do CRB sobre as substituições. Fora HM, já deu pra você. Sua missão já foi cumprida. Alô Diretoria, já estamos praticamente fora da Série A e continuar na mesmice é muita burrice ou falta de competência. O HM está perdido e ao mesmo tempo não sabe substituir e dar ritmo e cara a um time de futebol. Continuo depois uma vez que a decepção foi muito grande. Alô Patric, reclamando da torcida, nós fomos vocês não ficaram dormindo no hotel. Vai reclamar para “Mãe Joana”. Abçs. Antonio_C.

    ResponderExcluir
  2. Antonio, faço das sua palavras as minhas. Mas calma, brother!
    Sobre nossa estadia em Maceió, comento com fotos e tudo no post das 16 horas de hoje. Abs

    ResponderExcluir
  3. Meu amigo,
    Ninguém faz milagre!
    Pode trazer, luxemburgo, felipão, quem vc quiser!
    Com esse time e essa diretoria não vai chegar nunca.

    ResponderExcluir
  4. Anonimo, discordo. Quando o treinador tem os jogadores na mao e coragem como teve Hemerson Maria no Catarinense onde foi ousado e atropelou todo mundo, sagrando se campeao com duas chineladas e banho de bola no vice mais vice campeao de SC, tudo pode mudar. O problema é que mudou de atitudes e esta com medo de perder o emprego, escala mal, mexe pior e o time anda em campo. E so achar o time certo e a formula correta de jogar. Para isso que ele ganha, caso contrario, valeu pelo campeonato. Pede as contas. Alguem acha que o Avai é inferior a essas galinhas mortas que enfrentou e perdeu bisonhamente? Cito dois onde estive presente no estadio. JEC em casa e CRB em Alagoas. O CRB nao tinha torcida, nem sorte de golar o Avai no primeiro tempo. Mas com outro erro de HM, tudo ficou facil para eles. Elogios so se da para quem merece, Hemerson Maria ja teve os seus, hoje esta mais perdido que cachorro quando cai de caminhão.

    ResponderExcluir
  5. Serjão,

    Impressionante o seu relato de Maceio. Exatamente o que passamos quando fomos lá em, acho que 2009, não tenho certeza.
    Tivemos que recorrer rapidamente a polícia por que o o Taxista nos deixou no meio da multidão vermelha do CRB. Estava eu o Adilson Angelina com sua mulher e mais dois amigos. Fomos escoltados sob xingamentos antes e depois do jogo pela polícia até o taxi. Na cidade antes e depois do jogo, nada contra, muito pelo contrário, somente brincadeiras sadias. Quanto a faixa, já na época foi a mesma coisa. Em princípio não permitiram e após uma ligação liberaram. Me veio a mente tudo que passamos e desfrutamos nos 4 dias que lá ficamos e, posso garantir que é de voltar por que foi muito bom. Quanto ao resultado, também perdemos porém, fizemos um gol.]

    Ney Lúcio Félix

    ResponderExcluir
  6. ney.lf, a partir dessa data só pego táxi de confiança do hotel que estou hospedado. Muita irresponsabilidade de quem precisa do turista para viver. Foi bom contar com seu comentário. Isso alerta outros torcedores, avaianos ou nao, mas são pessoas que merecem respeito e segurança. Volte sempre.Abs

    ResponderExcluir

Ta expiando? Gostou? Tem conta no google? Vai, comenta!
Tenha autocritica, argumente, sem usar termos chulos e obscenos (palavrões).Pode discordar, mas sem guerras verbais, ataques pessoais a pessoas e instituições. Assim tu me agradas! Danke Fur Ihren Besuch, thanks for your visit.